Instrumentos Astronômicos

A observação é um dos principiais comportamentos de um cientista. Ele está sempre observando e tentando explicar tudo o que ocorre no universo.

Muitas vezes, no entando, não é possivel enxergar ou não conseguimos enxergar direito, as estruturas ou os corpos a serem estudados: eles podem, por exemplo, serem muitos pequenos ou estar muito longe.
É o caso dos MICRÓBRIOS, que são muito pequenos, e das estrelas, que estão muito distantes. Precisamos, então, recorrer a instrumentos de aumento,como o telescópio.
Porém, na ASTRONOMIA além do telescópio os Astrônomos, tanto o profissional quanto o amador, usam alguns instrumentos para o desenvolvimento dos seus estudos, e é sobre eles que o DE OLHO NOS ASTROS contará mas a respeito.


  • Binóculo:
    Os binóculos são nada mais que instrumentos de óptica, com lentes, que possibilitam um grande alcance da visão.Eles são instrumentos ideais para iniciantes. São baratos, portáteis, fáceis de usar e o ajudarão a encontrar o que deseja no céu noturno antes de passar para um telescópio. Mas os binóculos mais adequados para astronomia seguem as regras de quanto maior abertura, mais luminoso, e o aumento deve ser adequado para produzir uma imagem mais próxima de 5mm possível. Eles são especificados por dois números, marcados no corpo do binóculo. O mais adequados para astronomia são os 7x42, 8x50 e 10x50. O primeiro número indica o aumento, e o segundo o tamanho da lente de entrada, em mm(milímetros). Dividindo-se o segundo pelo primeiro, obtém-se o tamanho da imagem de saída.

    A maior dificuldade para o uso de binóculos na Astronomia se deve à instabilidade das mãos, que faz a imagem mover-se constantemente. Para minimizar esse efeito, recomenda-se o uso de tripés com adaptadores para binóculos, ou, pelo menos, para uma uma visão mais firme apóie os cotovelos em algo como os braços de uma cadeira. Outra alternativa é sentar-se com os cotovelos apoiados nos joelhos.

    DICA NA ESCOLHA DO BINÓCULO - Se você pai comprar para alguém, leve em conta o usuário - uma criança, por exemplo, precisará de um menor, mas leve. Para uso astronômico, a abertura deve ser pelo menos cinco vezes maior que o número de ampliação. Binóculos com razão menor são bons durante o dia, mas produzirão imagens fracas à noite. Minha dica é comprar aqueles binóculos-padrão, neles o feixo de luz é reduzido por dois primas antes de sair na ocular.
  • Telescópio:
    O telescópio óptico é um instrrumento que permite estender a capacidade dos olhos humanos de observar e mensurar objetos longes. Eles são indicados caso você queira ver mais além do que um binóculo.Há varios modelos de telescópios amador que podem ser apoiados em vários tipos de montagem. Porém, antes de começarmos a fala sobre modelos e montagens falarei sobre a captação da luz o quanto você pode ver com um telescópio depende da abertura que ele tenha. Aberturas maiores captam mais luz, mostando objetos mais fracos e detalhes sutis. Mas lentes grandes são caras, pesadas e requerem tubos mais longos. Por isso, para telescópios com mais de 100mm de abertura, astrônomos amadores recorrem a refletores, que usam espelhos, e catadióptricos, um modelo híbrido. Todos os grandes telescópios profissionais são refletores.

    TIPOS DE TELESCÓPIO -Há três tipos principais à escolha:
    Telescópios Refratores - Captam e focam a luz com uma lente. Na ponta da frente do tbo de um refrator fica a lente principal, lente objetiva. A luz que penetra nessa lente e levada para um foco na ponta oposta do tubo, onde é coloca a ocular: Quase todos os telescópios pequenos são refratores.
    Segue uma foto abaixo do modelo de um reflator:

    Telescópios Refletores - Empregam espelhos para captar luz e focá-la na ocular. Um espelho principal côncavo serve ao mesmo fim que a lente objetiva nun refrator: O espelho principal fica na ponto inferior do tubo. A luz que incide nele é refletida de volta tubo acima até um espelho menor, chamado secundário, que desvcia o feixe para uma ocular mo lado do tubo. O modelo, chamado newtoniano em homenagem a newton, que foi seu criador, ele é o tipo mais usado.
    Segue uma foto abaixo do modelo de um refletor:


    Telescópios  Catadióptricos - São refletores com uma lente fina, chamada lâmina corretora, na frente do tubo para aumentar o campo de visão. A luz passa por essa lâmina e segue para o espelho principal, de onde é refletida para um secundário convexo, em geral preso à parte de trás da lâmina corretora. O secundário reflete a luz tubo abaixo até a ocular, posicionada no centro do espelho principal. Apreciados por serem compactos e portáteis, os catadióptricos são mais caros que os refletores.
    Segue uma foto abaixo do modelo de um catadióptricos:



    MONTAGENS DE TELESCÓPIO - Dois tipos principais de montagem podem ser usados para qualquer telescópio. 
    Montagem Altazimutal - Uma montagem simples permite ao telescópio girar livremente para os lados(em azimutel), para cima e para baixo(em altura). Não requer instalação ou ajuste especial. Montagens altazimutais são mais usadas para pequenos refratores e refletores.

    Montagem Equatorial - Numa montagem equatorial um dos eixos é alinhado de modo a apontar para o pólo celeste. Depois de alinhado, pode-se conduzir o telescópio para seguir uma estrela simplesmente girando o eixo que aponta para o pólo à medida que a Terra gira. O tipo de montagem equatorial mais usado com pequenos telescópios refretores é chamado montagem germâniza. Esta tem um contrapeso no eixo de declinação para equilíbrio.

    Existe outras montagens como:
    Montagem Dobsoniana - Forma barata e apreciada de montagem em que a ponta inferior do tubo do telescópio repousa nunca caixa ou foquilha.
    Montagem em forquilha - Muitos telescópios catadióptricos usam montagem forquilha, altazimutal ou equatorial. A unica diferença entre a montagem em forquilha altazimutal e equatorial é que a base é inclinada nun ângulo equivalente à sua latitude, de modo que o eixo azimutal torna-se o eixo polar.

  • Radiotelescópio:
    Constratando com um telescópio comum que produz imagens através da luz visível. Um  radiotelescópio "observa" as ondas de rádio emitidas por fontes de rádio, normalmente através de uma ou conjunto de antenas parabólicas de grandes dimensões.

  • Computador:
    Denomina-se computador uma máquina capaz de variados tipos de tratamento automáticos de informações ou processamento de dados. O computador cada vez está se transformando em uma ferramenta importante no cotidiano de um astrônomo, então foi por isso que coloquei ele aqui, como parte dos instrumentos astronômicos.
  • Observátorio:
    Um observátorio é o local usado para observações e estudos de eventos terrestres e celestes usado por várias ciências.
  • Observátorio espacial:
    Um observátorio  astronômico é um conjunto de um ou mais telescópios com seus instrumentos associados, posto em orbita fora da atmosfera terrestre, com o propósito de efetuar observações astronomicas que seriam muito difíceis se fossem realizadas na superfície da terra.

    Abaixo se encontram algumas instrumentos/ferramentas importantes para observação do céu noturno
  • Carta celeste:
    Uma carta celeste é um mapa do céu noturno. Ela são usadas ​​para identificar e localizar objetos astronômicos como estrelas, constelações e galáxias, e têm sido usadas ​​para a navegação humana desde tempos antigos. Uma carta celeste difere-se de um catálogo astronômico, que é uma lista ou uma tabulação de objetos astronômicos para um propósito particular. Um planisfério é um tipo de mapa celeste. Minha dica para os iniciantes é usar uma carta celeste, elas são importante para de ajudar na hora da observação.
  • Bússola:
    A bússola é um instrumento para determinar direções sobre a superfície terrestre, mediante uma agulha magnética livremente suspensa sobre um ponto de apoio, dentro de uma caixa, e cujas pontas estão permanentemente voltadas para os pólos magnéticos da Terra. Ela ajuda determinar as direções e orientar a carta celeste.
  • Lanterna:
    Você deve está achando estranho eu colocar uma lanterna como instrumento astronômico, mas vou explicar o por que ela está aqui. A lanterna é de grande útilidade, principalmente para um astronômo amador, com celofane vermelho ela ajuda ver as cartas celestes e evita ofuscamento. Embora não pareça, o olho demora de 15 a 30 minutos para acostumar-se com a escuridão.
  • Caderno de observação:
    Todo astronomo, tanto profissional quanto amador, precisa de um caderno para anotações de suas observações, onde se anota a situação de um objeto, a hora, as condições da observação e os diagramas simples que permitirão localizar um objeto em futuras observações.
  • Relogio:
    O relogio é necessário para o uso correto da carta celeste, já que para poder localizar uma determinada estrela ou constelação precisamos saber a hora.

12 comentários:

Anônimo disse...

adorei fes eu ganhar pontos em ciencia

Anônimo disse...

Gostei muito do texto, mas tem muitos erros de ortografia. Por favor, verifiquem.

Anônimo disse...

Legal gostei do seu blog! e de vc tmb vamos queimar mendigos juntos!!????

Anônimo disse...

Para leigos no assunto até que ficou razoavelmente bom...

Anônimo disse...

Gostei do blog, deu para ver que você é bem experiente nesse assunto...Só que corrija os erros de Português pois tem crianças que escrevem eles
Você tem 22 anos!!!

Anônimo disse...

Legal!!!!
Me ajudou muito...����content://media/external/file/35039

Anônimo disse...

Muito bom o conteúdo, ajudou-me bastante nas aulas de Ciências que ministrei, mas uma dica é que, vc tenha cuidado ao escrever as palavras, há mtos erros e isso tira seu prestígio e a confiança das pessoas em seu conteúdo.

Anônimo disse...

Tem muitos erros de ortográfica

Fernanda Matos disse...

Muuuito booom!!

TheKing OfMine disse...

muito interessante:) 30 de maio de 2016 lindooooooooo


do nota 200000



e muito +legal do que o antigo


voces ja jogaram slither.io


isso me fez aprender muito


ou agar.io ou diep.io ou aaaaaaa



deixa pra la amooooooo todos que deus os abençoe



BOMMM DIAAAAA A TODOS

Joyce Souza disse...

Olá meus queridos,

Gostaria de agradecer à todos por acessar meu blog.
É muito bom saber que um projeto que desenvolvi quando tinha 15 anos está crescendo assim. Obrigado de coração!! Peço desculpas pelos erros e falta de continuação em alguns textos.
Prometo atualiza-lo e melhorar o conteúdo para vocês!!


Continuem nessa viagem!
Um beijo,
Joyce!!

Anônimo disse...

Queimar mendigos juntos?? ������